Várias pessoas me perguntam como economizo para viajar tanto… Acreditem, PLANEJAR É ECONOMIZAR!

Então vou dividir aqui, passo à passo de que como faço meu planejamento:

1) Para onde irei?

Defino o destino de forma ampla, conforme o meu objetivo e se é a melhor época para visitar. Por exemplo: amo trilhas e quero terminar a viagem com praia. Onde posso fazer isso no Sudeste Asiático? Tailândia!

2) Qual o roteiro que farei? Consigo otimizar a viagem, abrangendo mais destinos?

Pesquiso também nos arredores do destino, outras opções que gostaria de incluir no roteiro (seguindo exemplo acima: Laos e Camboja).
Até aqui, você já sabe quais são os atrativos de cada país/cidade escolhidos e quantos dias precisa aproximadamente em cada um (já estou marcando em uma planilha). Percebeu que aqui você estará economizando uma futura viagem?

3) Como chegarei lá?

Utilizo vários sites de busca de passagens aéreas, acompanhando suas variações e promoções. Aí comparo com os preços diretamente do site da cia aérea, às vezes vale a pena.
Dica 1: Compare todas as opções que você mapeou no seu roteiro. Por onde começar, por onde voltar, se vale a pena ir e voltar pelo mesmo ponto e fazer deste aeroporto um “hub” para outros destinos do seu roteiro. Faça várias simulações!
Dica 2: Pesquise também passagem ida+volta, às vezes tem promoções que fica mais barata que trecho só de ida, mesmo que não a utilize!
Dica 3: Pesquise também mudando o dia da viagem, a famosa “data flexível”. Você pode encontrar passagens mais baratas, então é só mudar seu itinerário.
Aqui vai algumas sugestões:
www.melhoresdestinos.com.br : baixe o aplicativo para receber as promoções na hora. Muitas promos acabam rápido, então não perca a oportunidade
www.farecompare.com (links de vários sites de busca e cias aéreas do mundo)
www.skyscanner.com
www.google.com/flights

4) Onde ficar?

pesquiso onde estão meus pontos de interesse à visitar e fico perto para utilizar o transporte público. Cheque também se tem restaurantes ou mercados próximos. Assim você economiza na alimentação também. Pronto, escolhido a região, só escolher o hostel, pousada ou hotel. Utilizo:
www.booking.com : meu favorito, pois dá um suporte se precisar. Além disso, se você utilizar bastante, ganha desconto em algumas hospedagens;
www.tripadvisor.com.br : considera vários sites de hospedagem
www.trivago.com.br : estou utilizando baste agora e também cota vários sites de hospedagens ao mesmo tempo
www.hihostels.com : para os adeptos à hostel, este site atende à uma grande gama de hostels pelo mundo. Hostel é bem barato para quem viaja sozinho e fazer boas amizades;
www.airbnb.com :
este sitevem crescendo bastante, nele você aluga quartos, apartamentos, casas, e tem até casas em condomínio fechado.

5) E a locomoção e o transporte interno?

considere o transporte público, sempre é mais barato! Pesquise se é seguro, caso positivo, nem pense em outra opção! Utilizo muito os trens para viajar entre as regiões. São mais baratos e ainda são confortáveis. No www.mochileiros.com você encontra vários relatos e experiências de outros mochileiros
Dica: viajar à noite é uma ótima opção, pegue um trem ou busão leito para eliminar a hospedagem! Lembre-se, SEM FRESCURA heim?!?

6) Levar dólar ou não?

pelas minhas experiências, levar dólar (ou a moeda local dependendo do destino) é a melhor opção! Divida em partes e guarde em lugares diferente, apenas para prevenir em caso de perda/roubo.
Cartão de crédito tem +6,38% de IOF
Evite saque em caixa eletrônico no local, você paga uma taxa por saque além do IOF na fatura. Use somente em emergência.
Para escolher a casa de câmbio, utilizo o www.melhorcambio.com que te dá a cotação na hora e uma gama gigantesca de operadoras, informam as taxas que cada uma cobra e eles entregam onde você estiver!

7) Seguro Viagem

tem país que não exige e você pode achar desnecessário, mas SE precisar de algo, o custo fica tão pesado que toda a economia vai por água abaixo.
Muitos cartões de crédito oferecem o seguro viagem se você comprar a passagem com eles. Conversem com a sua operadora do cartão para evitar custos desnecessários.

8) Documentos

confira os documentos necessários para a viagem: visto, passaporte com validade mínima de 6meses, alguns lugares exigem vacina prévia, carteira vacinação internacional, habilitação internacional (tem lugares que alugar um carro é mais barato), e outros

9) Enfim a “mochila”

prefira uma mochila no máximo 40litros. Além de te facilitar na locomoção, algumas cias aéreas cobram uma taxa para despacho de bagagem (passei por isso na Tailândia).

Mas… como QUALQUER viagem, mesmo com tanto planejamento, você poderá passar por algum “perrengue”. Se isso acontecer, lembre-se que está pagando quase 40% à menos que os “pacotes de turismo”. Então resgate o espírito de mochileiro e ria do acontecimento, faz parte da festa. Você terá mais histórias para contar!

Enjoy your trip!!!

Deixe uma resposta