Planejando uma viagem para Mato Grosso? Ótima escolha, pois é um excelente lugar para apreciar a beleza natural e aventurar-se ao mesmo tempo! Os pontos mais conhecidos são a Chapada dos Guimarães, Nobres/Bom Jardim e Pantanal. As duas primeiras ao norte de Cuiabá e Pantanal ao sul.

Portanto, quando for ao norte, tente unir Chapada dos Guimarães e Nobres/Bom Jardim na mesma viagem. Eles estão a aproxim 2hs de distância entre eles e suas atividades são totalmente diferentes! Guimarães tem trilhas e cachoeiras, enquanto Nobres tem rios e mergulhos… sabendo disso, vejam só nossa experiência e algumas dicas…

1) Caverna Kyogo Brado, Caverna Aroe Jari e Lagoa Azul

Passeio imperdível, separe um dia inteiro! Localizadas em uma propriedade particular, obrigatória a contratação de guia e a entrada é de R$40/pessoa, mas já inclui o equipamento de segurança. O percurso completo tem 10kms, entretanto você tem opção de utilizar um trator para as atrações (R$20 ida/volta ou R$15 apenas um trecho) e reduzir uns 4kms de caminhada.

Dica: para quem gosta de caminhada, mas não quer perder muito tempo, opte por ir de trator até a Caverna Kyogo Brado e voltar andando, apreciando a natureza com a sombrinha da mata.

A Caverna Kyogo Brado é a mais bonita que já vi! Tem uma formação bem diferente, toda de arenito e 20metros de altura! Ela tem 500m de comprimento com iluminação apenas na entrada/saída. Magnífica!!!

Caverna Aroe Jari é super extensa quase 1,5km e boa parte fica abaixo da terra. Por ser de arenito e alto risco de erosão, somente podemos entrar por um lado e caminhar por poucos metros, mas já vale a pena!

Lagoa Azul é encantadora pela transparência da água. Para sua preservação é proibido entrar, o que a deixa mais encantadora…

Para finalizar o dia, nada melhor que se refrescar numa cachoeira. A agência inclui a Cachoeira do Relógio, que fica do ladinho da fazenda. Estava tão empolgada que nem lembrei de tirar foto 🙂

2) Trekking Morro de São Jerônimo

Prepare-se para 16kms de caminha, porém é tranquila e plana (a trilha rodeia o Morro para evitar trechos íngremes). O local é restrito do Parque portanto somente é possível desbravar com um guia.

A adrenalina sobe apenas no final, onde temos que “escalar” pelo paredão de 1,5m para chegar ao topo no Morro. Mas vale muuuuuito a pena! Tem uma trilha que percorre todo o redor do Morro.

3) Cachoeira Véu da Noiva

Para conhecer a cachoeira, não é necessário contratar guia e a entrada é gratuita! Dá pra ir de carro tranquilamente e é bem sinalizado. Ótimo para visitas no início ou final do dia, pois é apenas uma contemplação à distância, não podemos descer até o pé da cachoeira, então 30mins é o suficiente para conhecer. Se tiver sorte, tem araras que ficam passeando por lá.

4) Se tiver mais dias para curtir:

Como disse no início do post, fiquei apenas 2dias e fui para Nobres/Bom Jardim em seguida. Portanto, se você tiver mais dias para curtir, ainda tem outras opções que particularmente incluiria na viagem:

  • Mirante Alto do Céu: fácil acesso e apenas para contemplação. Porém estava fechado devido deslizamentos em Jun/16;
  • Cidade de Pedras: trilha fácil para a paisagem cartão postal da Chapada dos Guimarães, necessita de guia e apenas de 1/2 período do dia;
  • Circuito das Cachoeiras: várias cachoeiras da região e necessita de guia e dia inteiro de passeio. Não optei por este, pois Nobres tem muitas opções de cachoeiras/água;
  • Centro Geodésio: é o ponto turístico mais conhecido da região. Falam que este é o ponto central da América do Sul!!! Estava chovendo quando tentei ir 🙁   Atenção: o guia informou que lá tem alto índice de furtos nos carros;

Outras dicas:

  1. Se estiver com mais alguém, alugue um carro. Garanto que economizará no transfer de Cuiabá, nos passeios e facilitará na sua locomoção do dia-a-dia;
  2. A Chapada é administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a maioria dos atrativos exigem guias turísticos credenciados. Você pode contratar diretamente através do site Ecobooking (fica mais em conta) ou por uma agência de turismo. Entretanto levei um “calote” ao contratar o guia diretamente (o barato ficou caro). Fechei o passeio com a Chapada Off Road e recomendo 100%!
  3. Temperatura: devido sua altitude, à noite fica bem fresquinho mesmo no verão. Também é normal chover do nada, sem previsão… Portanto leve algo na mala, apenas para se prevenir…

Espero que este post ajude vocês em sua viagem!

Logo mais postarei sobre Nobres/Bom Jardim… aguardem!

 

Deixe uma resposta